Orgulho e Paixão.

Novela

Em Orgulho e Paixão, o momento mais esperado da vida de Ema Cavalcanti (Agatha Moreira) está prestes a se realizar e a casamenteira nem desconfia. Seu noivo, Ernesto (Rodrigo Simas), sabendo de todos os caprichos e ansiedades de sua noiva, decide surpreendê-la com um casamento surpresa. Um pouco incomum para a época, porém ideal para tirar a baronesinha do chão e colocá-la nas nuvens.

Ernesto conta com a ajuda de todos os amigos e familiares da noiva, que na data especial tratam de lotar a igreja e decorar o espaço com muito carinho e amor. Com tudo pronto e o noivo no altar, só falta a noiva. Com a ajuda especial de Elisabeta (Nathalia Dill) e Ludmilla (Laila Zaid), Ema é convencida de vestir um belo vestido de noiva para apresentá-lo a uma cliente de seu atelier. Achando um pouco estranha a ideia de apresentar o modelito para a cliente na porta da igreja, Ema protesta para as amigas, mas é vencida pelo argumento de que a cliente é muito religiosa e precisa ter a visão do vestido sendo usado na casa de Deus.

Com a Igreja de portas fechadas, Ema estranha e pede uma explicação a Elisabeta. Diante do sorriso de sua melhor amiga, Ludmilla lhe traz o véu e coloca em sua cabeça, no mesmo momento em que seu pai surge e lhe dá o braço. Sem entender absolutamente nada, Aurélio (Marcelo Faria) lhe comunica que hoje é o dia do seu casamento, e as portas da igreja se abrem. A baronesinha fica sem reação diante de tamanha surpresa, e no caminho até seu noivo no altar se emociona e fica encantada com o carinho e dedicação de Ernesto, que providencia tudo como ela sempre sonhou.

A cerimônia ocorre lindamente e os noivos trocam alianças. Assim que estão cruzando o corredor da Igreja, eis que surge Lady Margareth anunciando seu presente de casamento: a destruição. A megera inglesa não suporta ver a felicidade dos amigos de Elisabeta e Darcy, e por simples vingança manda os seus capangas destruírem toda a decoração da festa. Abalado, Ernesto pede desculpas à sua noiva por terem destruído o sonho deles. Altiva, Ema não deixa cair o brilho do seu olhar, e anuncia a todos que nada vai impedir que o dia mais feliz da sua vida se concretize. Eis que Ernesto dá uma solução perfeita: já que Lady Margareth foi a responsável por acabar com o local da festa, nada mais justo que a celebração se transfira para sua casa, a Fazenda Ouro Verde, local onde Ema cresceu. Mesmo sob protestos da megera, todos os convidados vão para o local, montando uma festa de improviso, onde cada um leva um prato e uma bebida de casa, realizando assim uma linda festa.

 

Fique por dentro!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *