Câmera Record Vice Miss Bumbum 2018 abre o jogo sobre procedimento estético feito com o Dr. “Bumbum”: “Ele bebeu e falou que ia colocar uma música, e colocou um rock’nroll pesado. Eu me senti numa cama de tortura!”

Noticias

Câmera Record deste domingo, 13/01, às 23h15, exibe reportagem exclusiva sobre o mercado clandestino da beleza. Flávia Tamayo, vice Miss Bumbum 2018, foi uma das pacientes de Denis César Barros Furtado, médico que ficou conhecido como “Doutor Bumbum”. Ao programa, ela revela que o profissional realizou o procedimento estético após ter consumido bebida alcoólica: “Ele bebeu e falou que ia colocar uma música. Pensei que ele ia colocar uma música tranquila, sons de pássaros, e ele colocou um rock’nroll pesado. Eu me senti numa cama de tortura”.

 

Flávia também conta que foi enganada pelo doutor com promessas de atendimento personalizado e repouso em clínica, algo que nunca aconteceu: “Ele falou ‘vou ligar para o anestesista’, e parecia que não estava ligando para ninguém, que estava fingindo. Aí eu acabei fazendo, porém, as promessas do procedimento foram outras. Ele prometeu dar toda uma assessoria, como se eu fosse ficar numa clínica, que eu poderia ter repouso, e não! Acabou o procedimento e ele falou que eu podia sair e dançar, mas eu não conseguia nem andar! Eu saí de lá mancando!”.

 

E mais: o jornalístico sai às ruas de São Paulo para mostrar que, no submundo da prostituição, o uso de silicone industrial é muito mais comum do que se imagina. E a história da jovem que sonhava em remodelar os glúteos, mas foi enganada por uma falsa médica e ficou entre a vida e a morte.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *